NOTÍCIAS 

 

27/04/2020

Conforme anunciamos anteriormente, a AMS Petrobras está dando início a uma importante mudança na rotina de pagamentos: a cobrança do plano de saúde de pensionistas e aposentados será feita por meio de boleto bancário – e não mais via desconto no contracheque Petros. A mudança é conseqüência do fim do convênio entre a Petros e o INSS.

De acordo com a AMS, a alteração no método de pagamento ocorrerá em etapas e o primeiro grupo é formado pelos mais de cinco mil pensionistas da AMS Petrobras, que receberão no fim de abril o boleto bancário com vencimento em 10 de maio. Em julho, os demais beneficiários titulares (aposentados) da AMS Petrobras receberão o boleto bancário para pagamento do plano de saúde, com vencimento em 10 de agosto. Segundo a Petrobras: “O novo método de pagamento proporcionará mais agilidade ao processo de reembolso, que será creditado diretamente na conta corrente cadastrada”, informa o gerente de Serviços Transacionais de Saúde da Petrobras, Marcelo Pimenta, em entrevista ao Portal da AMS.

Envio dos boletos
Os boletos bancários serão enviados por correio e e-mail e também ficarão disponíveis na área restrita do Portal AMS (acesso com login e senha). Quem não tem acesso à área restrita do portal, deve clicar na opção “cadastre-se”, na parte superior da página principal, para gerar login e senha. Acesse aqui (https://ams.petrobras.com.br/portal/ams/usuarios/cadastro-de-usuario.htm)

Suspensão ou cancelamento por inadimplência
A AMS alerta que, em caso de inadimplência por 60 dias, o benefício será suspenso. Uma vez suspenso, nenhuma cobertura será disponibilizada, mesmo para os procedimentos de urgência e emergência. Após 90 dias da suspensão (totalizando 150 dias), o benefício será cancelado em definitivo. “Para evitar transtornos causados pelo possível esquecimento da quitação dos boletos mensais, a Petrobras recomenda a ativação da opção de Débito Direto Autorizado (DDA) junto ao seu banco”, orienta Pimenta no portal da AMS.

Se houver dúvidas, consulte a Central de Relacionamento da AMS: 0800 287 2267.

 

Fonte: Ambep

17/04/2020

25/04/2020

Segundo comunicado da Petros, em função da pandemia do coronavírus que provocou restrições e alterou o funcionamento de empresas e órgãos governamentais de todo o Brasil, o processo de aprovação do Novo PED e da reestruturação dos regulamentos do PPSP-R e do PPSP-NR também se viu impactado.

Atualmente, o processo do Novo PED e da reestruturação dos dois planos está na Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), órgão supervisor da Petrobras. Em seguida, as mudanças seguirão para aprovação da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), que fiscaliza o setor.  “A expectativa é que as aprovações de Sest e Previc saiam ainda neste mês e a cobrança da nova alíquota de contribuição extraordinária seja implementada em maio. Com isso, novo regulamento entrará em vigor no dia em que a aprovação da Previc for publicada no Diário Oficial da União”, informou o comunicado da Petros.

Sendo assim, o órgão se compromete a implementar o Novo PED em maio e não mais em abril como tinha anunciado no mês passado. 

 

25/04/2020

 

21/04/2020

 

Para atender a demanda dos associados das cidades do interior, a Diretoria aprovou um calendário de funcionamento das subsedes. Os associados precisam entregar os documentos da declaração do Imposto de Renda e encaminhar as demandas nesses dias de funcionamento. Veja os dias de funcionamento de cada cidade e programe-se:

 

ALAGOINHAS

Quartas e sextas-feiras

 

 

SANTO AMARO – CANDEIAS – SÃO SEBASTIÃO DO PASSÉ

Terças e quintas-feiras

 

 

CATU – FEIRA DE SANTANA

Terças e quartas-feiras

 

 

SÃO FRANCISCO DO CONDE

Quinta-feira

 

 

MATA DE SÃO JOÃO

Home office, demandas atendidas por Maria Georgina.

21/04/2020

Respeitando as medidas preventivas, que determinam o uso de máscara, luvas e álcool em gel, a diretoria decidiu manter o serviço de auxílio para a elaboração do Imposto de Renda. De segunda a sexta-feira, um funcionário recebe a documentação e, em poucos dias, os associados têm retorno sobre a declaração. Na sede, mantemos uma equipe que mantém a higiene e limpeza das salas e equipamentos.

É importante lembrar que os idosos acima de 60 anos estão no grupo de risco para o novo coronavírus. Recomendamos às famílias que solicitem a ajuda de parentes, filhos, netos para entregar os documentos dos associados na sede da ASTAPE-BA. 

Em caso de dúvida, ligue para o número de telefone 71 3496-2105 (Edmundo Souza).

O serviço irá continuar até o dia 30 de junho quando vence o prazo final para a entrega da declaração à Receita Federal.

21/04/2020

A Diretoria está preocupada com as medidas adotadas pela AMS / Petrobras e que impactam diretamente os aposentados. Recentemente, a AMS divulgou novas regras para a cobrança do plano de saúde. Fique atento. Segundo a empresa, com o fim do convênio entre a Petros e o INSS a cobrança do plano de saúde, a partir deste mês de abril, começa a ser feita por meio de boleto bancário e não mais no contracheque Petros. O vencimento que até então ocorria no dia 25 de cada mês, passará para o dia 10 do mês seguinte.

A medida já está vigente, então os aposentados que recebem agora no final deste mês já vão pagar por meio de boleto bancário com vencimento em 10 de maio. Em julho, os demais beneficiários titulares (aposentados) da AMS Petrobras receberão o boleto bancário para pagamento do plano de saúde, com vencimento em 10 de agosto. As informações podem ser encontradas no Portal da AMS.

Notícias Anteriores


ASTAPE-BA - ASSOCIAÇÃO DOS TRABALHADORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PETROBRAS DA BAHIA.