NOTÍCIAS 

 

28/01/2021

 

Esta quarta-feira (27), em reunião com a FNP, o RH da Petrobrás comprometeu-se a devolver, no adiantamento de 10 de fevereiro, 60% dos valores descontados a título de saldo devedor do Beneficio Farmácia. A representação da Petrobrás disse reconhecer que esses descontos inviabilizaram a vida financeira de muitos colegas – ativos, aposentados e pensionistas- conforme vinha sendo cobrado pela FNP. A Petrobrás informou ainda que esses descontos afetaram aproximadamente 5 mil pessoas.

Os descontos do saldo devedor não serão aplicados em fevereiro, mas serão fruto de parcelamento a ser negociado, a partir de março. Para tal, já está agendada reunião para o início do próximo mês.

A empresa também se comprometeu a melhorar o detalhamento dos extratos. Independente disto, que pode demorar, a reivindicação da FNP, além da negociação do parcelamento, é que todas as denúncias sejam verificadas, para que todos tenham clareza se a cobrança é realmente devida e que não se ultrapasse o limite dos 30% em nenhum caso.

A Federação registrou novamente que devem ser suspensos todos os boletos enviados para cobrança da AMS, devendo o pagamento ocorrer na forma determinada pela decisão judicial proferida nos autos da ação 0100365- 08.2020.5.01.0067, sujeitando a empresa, pelo descumprimento, a multa prevista nos autos de R$ 50 mil ao dia.

 

Fonte: FNP

27/01/2021

ASTAPE-BA - ASSOCIAÇÃO DOS TRABALHADORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PETROBRAS DA BAHIA.