NOTÍCIAS 

 

25/10/2021

 

A partir de 1º de novembro de 2021, a PETROS vai iniciar o recadastramento de todos os Mantenedores, ativos aposentados e pensionistas.


A ASTAPE-BA ajudará seus ASSOCIADOS a realizar o recadastramento, começando com os aposentados e pensionistas, que terão até o dia 31 de janeiro para atualizarem os seus dados na Petros.


Na segunda fase, que vai de 1º de fevereiro a 30 de abril, será a vez dos ativos. Todos os participantes terão que se recadastrar.
A atualização do cadastro é importante para você e para a Petros.


É com base nas características dos nossos participantes que são calculados os recursos que serão necessários para honrar os compromissos futuros em cada plano.


Além disso, garante que todas as suas informações estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados.


O recadastramento é OBRIGATÓRIO. Todos precisam se recadastrar, mesmo aqueles que atualizaram seus dados recentemente.


O recadastramento é simples e rápido, e o link para o formulário estará disponível no Portal Petros.


Em caso de dúvida entrar em contato com: 3421-6600 Ass. Social.


ASTAPE-BA.

22 / 09 / 2021

02/09/2021

 

MP 1045

Em derrota do governo, o Senado Federal rejeitou nesta quarta-feira (1º) a proposta de uma nova reforma trabalhista. A derrubada da proposta, que será arquivada, impede uma série de alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), como restrições ao acesso à justiça gratuita, extensão da jornada de categorias diferenciadas, dentre outras.

CGPAR23

Também nesta noite, o Senado aprovou o PDL 342/2021, de autoria da deputada Erika Kokay (PT/DF), relatado pelo senador Romário (PL/RJ), que suspende os efeitos da Resolução 23 da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da União (CGPAR).

Durante essa luta, a FUP reforçou aos senadores os impactos que a resolução 23 da CGPAR representa para os milhões de beneficiários: "ao perderem a possibilidade de se manterem nesses planos irão aumentar, onerar e precarizar mais ainda o atendimento do SUS a população brasileira".

A aprovação do PDL 342/2021 é fundamental para preservação dos planos de saúde autogeridos por empresas estatais federais, que atendem a cerca de 3 milhões de trabalhadores.

JUNTOS SOMOS + FORTES


https://www.instagram.com/tv/CTTPzCHN06d/?utm_medium=share_sheet 

Prezados companheiros associados da ASTAPE-BA:

Devido a Sucumbência nas individualizações de ações, chamamos sua atenção para ter muito cuidado com as ações individuais.

A ASTAPE-BA, através da FENASPE, está entrando com ação coletiva contra a incidência na contribuições do PED, IR e Nulidade da Resolução CG-PAR. Venha conosco!

Entrar em contato com setor jurídico da ASTAPE-BA, pelo  3421-6600

16/07/2021

Atendendo a uma demanda dos nossos participantes e das entidades representativas, abriremos um novo período de opção pela suspensão temporária do pagamento das parcelas do empréstimo Petros. Entre os dias 21 de julho e 3 agosto, participantes ativos e assistidos de todos os planos que contam com esse serviço poderão acessar a Área do Participante, aqui no Portal Petros, e suspender temporariamente o pagamento das parcelas de agosto, setembro e outubro. Como a suspensão é opcional, quem não se manifestar seguirá com as prestações sendo cobradas normalmente nos meses de agosto a outubro.

 

Avalie bem antes de suspender
Durante os três meses de suspensão temporária, o participante continuará tendo descontados no seu contracheque os valores referentes à taxa de administração do contrato e ao Fundo de Quitação por Morte (FQM), que variam de acordo com o plano. Os juros e a correção referentes ao período de suspensão do pagamento serão somados ao saldo devedor, seguindo a taxa prevista no contrato. Por isso, avalie com cautela se a suspensão temporária por três meses é realmente necessária.

Também é muito importante ressaltar que a suspensão temporária da cobrança do empréstimo Petros libera margem consignável para que outras obrigações financeiras, com agentes externos à Petros, sejam cobradas no contracheque. Caso o participante tenha uma dívida com um agente externo - um banco ou um plano de saúde, como a Saúde Petrobras, por exemplo -, que não esteja sendo cobrada em razão do limite de margem, o valor devido pode ser cobrado devido à liberação do montante que seria destinado ao pagamento do empréstimo Petros. Esclarecemos que não temos ingerência sobre esse tipo de cobrança e que, por isso, não garantimos que o montante de cada prestação do empréstimo temporariamente suspensa – já descontado o FQM e a taxa de administração – possa de fato ser disponibilizado no valor líquido a receber no contracheque mensal.

Como pedir a suspensão
O período de opção pela suspensão estará disponível de 21 de julho e 3 agosto. Para solicitar, será preciso acessar a Área do Participante, no Portal Petros, informando matrícula e senha. Na seção “Empréstimos”, o participante deverá clicar em “Solicitação de empréstimos”, e, em seguida, ir para “Suspensão temporária por 3 meses”. Depois, terá de selecionar o contrato e clicar em “Suspender”. Quem tem mais de um empréstimo com a Petros deve realizar esse procedimento para cada contrato ativo. Após solicitar a suspensão temporária do empréstimo Petros, o participante não deverá fazer qualquer movimentação no contrato até o dia 3 de agosto, para não invalidar o pedido de suspensão temporária. Qualquer movimentação contratual, como novação e refinanciamento, cancelará automaticamente o pedido de suspensão. Se houver novação ou refinanciamento após essa data, será gerado um novo contrato, cujo pagamento não estará temporariamente suspenso.

Regras para a suspensão temporária da cobrança
A suspensão é temporária, pelo prazo de três meses consecutivos;
As prestações serão suspensas no período de agosto a outubro de 2021, com juros e correção referentes a esse período acrescidos ao saldo devedor;
Precisa ser solicitada pelo participante no Portal Petros;
Período de opção vai de 21 de julho a 3 de agosto;
Durante os três meses de suspensão, o participante terá apenas os valores referentes à taxa de administração do contrato e ao Fundo de Quitação por Morte descontados no contracheque;
A disponibilização de margem consignada pode permitir que agentes externos amortizem outras obrigações que o participante tenha e a Petros não tem ingerência sobre isso;
A suspensão está disponível para participantes de todos os planos que contam com o serviço de empréstimo.

Em caso de dúvidas, entre em contato com o "Fale conosco" ou chat online, pelo Portal Petros ou pelo app. Se preferir, ligue para a Central de Relacionamento - 0800 025 35 45 e (21) 3529-5550, para ligações pelo celular -, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

ASTAPE-BA - ASSOCIAÇÃO DOS TRABALHADORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA PETROBRAS DA BAHIA.